Cafeína atrapalha o sono e, sono ruim afeta o desempenho escolar das crianças

Uma pesquisa do nefrologista pediátrico do MassGeneral Hospital for Children, em Boston, Avram Traum, analisou como a cafeína pode afetar o sono e, como beber muito refrigerante, pode também ter um efeito sobre a obesidade e doenças associadas à obesidade, incluindo pressão arterial elevada em crianças.

Para ele, não há razão para que as crianças em idade escolar precisem de cafeína. Um copo de refrigerante em uma ocasião especial tudo bem, mas as crianças não devem ingerir cafeína em sua dieta diária.

Sono ruim afeta o rendimento escolar

Além de os refrigerantes não apresentarem valor nutricional, a noite mal dormida das crianças pode afetar o desempenho escolar delas. O débito de sono faz as crianças ficarem sonolentas na escola e não fazerem os trabalhos de casa.

Crianças com idade maiores de dois anos devem beber água , além de leite com baixo teor de gordura. As bebidas muito açucaradas como refrigerantes, em geral, acabam sendo uma má escolha – e as que contêm cafeína são uma escolha ainda pior.

Para melhor esse quadro, sugira um suco natural.

Os sucos são boas fontes de fibras alimentares, principalmente se não forem coados ou peneirados. Vale lembrar que, dependendo de como são feitos, os sucos podem ser bem calóricos.

As frutas são ricas em frutose, que é também é um tipo de açúcar. Tente não adoçá-los. A dica de consumo é beber os sucos 30 minutos antes das refeições, pois isso ajuda na absorção dos nutrientes que você estará ingerindo.

Além disso, é importante que os sucos naturais sejam consumidos em até 30 minutos depois de serem preparados para não perderem suas propriedades nutritivas.

Fonte: Minha Vida

Matérias relacionadas