Comunicação: a chave para um bom casamento!

Um dicionário define comunicação como “compartilhar ou trocar pensamentos, opiniões ou informações por meio da fala, da escrita ou de sinais”.

Homens e mulheres freqüentemente têm maneiras de comunicação diferentes. A maioria das mulheres se sente à vontade para falar sobre sentimentos, ao passo que os homens em geral parecem preferir falar sobre fatos. As mulheres estão mais inclinadas a mostrar empatia e a dar apoio moral, ao passo que os homens tendem a procurar e oferecer soluções.

Mesmo quando ambos são altamente compatíveis, não há dois cônjuges que compartilhem exatamente o mesmo ponto de vista . . .  A comunicação inclui o esforço de combinar [as] diferenças na relação de uma só carne. Isto exige que se tome tempo para conversar

Obstáculos à comunicação

Um dos obstáculos à comunicação pode ser o medo da reação do outro a certa informação ou desejo  quando este é expresso.

Um outro obstáculo pode ser o ressentimento. Os parceiros num bom casamento não se entregam persistentemente à ira, às discussões nem guardam mágoas.

Tratar o outro friamente também pode ser outro obstáculo. Isto pode envolver expressões mal-humoradas, suspiros profundos, ações mecânicas e recusar-se a conversar. Falar sobre seus sentimentos de uma maneira franca e amigável contribui muito mais para melhorar o casamento do que permanecer calado e carrancudo.

Não ser bom ouvinte ou não ligar quando o outro fala é um outro obstáculo. Podem surgir discussões por causa de mal-entendidos sobre coisas que um cônjuge pensa que estavam bem claras, mas que o outro insiste que é a primeira vez que ouve falar no assunto.

Fatores importantes

É muito importante dedicar tempo à comunicação. Mas assim como há uma hora certa para falar, há uma hora para ficar quieto. O sábio provérbio bíblico diz: “Para tudo há um tempo determinado, . . . tempo para ficar quieto e tempo para falar”.

Para alguns casais, realizar alguma tarefa doméstica juntos pode criar um excelente ambiente para a comunicação. Essa cooperação pode promover um senso de partilhar, à medida que concede tempo para a comunicação salutar. Para outros casais, passar algum tempo juntos, a sós, sem fazer nada é melhor e mais propício à comunicação salutar.

É fundamental também a maneira em que algo é dito. Esforce-se para ser gentil no tom da voz e nas palavras que usar. A Bíblia diz que “declarações afáveis são um favo de mel, doces para a alma e uma cura para os ossos”.

O marido e a esposa precisam ser ‘amigos confidentes’, tendo um relacionamento cordial e íntimo.

Embora no início comunicar-se exija muito esforço, empenhem-se por isso. Depois de um tempo o relacionamento se tornará mais fácil, resultando em compreensão mútua duradoura.

Fonte: revistadanoiva

One Comment

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *