Dicas de como superar uma traição

Se você desconfia de que está sendo traído, converse com seu parceiro(a). A sugestão é da psicanalista Renata Lommez. “Se a infidelidade for comprovada, veja se há ou não condições de perdoar”, orienta ela. Conheça os sinais mais comuns que podem denunciar uma possível traição e saiba como agir se essa vilã surgir algum dia em seu casamento.

Ele me trocou por outra, como superar?

10 atitudes de um traidor(a)

1. Não demonstra mais interesse por sexo.
2. Fica mais amável do que o normal.
3. Ele(a) se irrita com muita facilidade.
4. Leva o celular até quando vai ao banheiro.
5. Atende algumas ligações escondido.
6. Costuma exagerar nas crises de ciúme.
7. Anda gastando mais que o habitual.
8. Trabalha até tarde e vive tendo reuniões no final de semana.
9. Ficou vaidoso(a) e comprou roupas novas.
10. Tem sempre desculpa para os atrasos: trânsito, futebol com amigos, pneu furado…

Como começar essa conversa difícil

Se você não tem certeza da infidelidade
Mantenha a tranquilidade para não perder a razão: quanto mais calmos os dois estiverem, melhor será o diálogo. Fale sobre as mudanças no comportamento dele e diga o que incomoda você. Questione se ele está com algum problema e se pode ajudá-lo. “Se a traição não aconteceu, meça as palavras nessa hora para não colocar seu relacionamento em risco”, alerta a psicóloga Kelen de Bernardi Pizol.

Se você tem provas de que ele é infiel
A raiva pode cegar você, impedindo de pensar de maneira clara e racional. Tomar atitudes sob o impacto da dor costuma gerar arrependimento depois. Pare e reflita se vai conseguir perdoar e conviver com a nova realidade, ou se o melhor a fazer é seguir sua vida sem o parceiro. Ao conversar, se coloque em primeiro lugar e veja se ele também está disposto a lutar pela relação.

Livre-se dos palpiteiros
Não se deixe influenciar pela opinião de familiares ou amigos. Apesar de eles quererem seu bem, a escolha é sua: só você sabe avaliar a relação conjugal.

Dediquem-se à reconciliação
A partir de agora, a história do casal deverá ser diferente: vocês dois precisam se comprometer em ser honestos um com o outro.

Obrigue seu parceiro a romper com a outra
Se vocês querem dar a volta por cima, exija fidelidade a partir de agora. Por isso, seu parceiro deve abandonar qualquer contato com a outra mulher.

Esforce-se para esquecer o que aconteceu
É difícil apagar a mágoa, mas ficar jogando a traição na cara dele pode acabar com a tentativa de reconciliação. Recomece a relação de peito aberto.

Não tente punir seu companheiro
Não use a traição para menosprezar seu companheiro ou ficar punindo-o a todo momento. O que passou, passou.

Tire uma lição dessa crise conjugal
Em primeiro lugar, cuide-se mais. Depois, esteja mais presente na vida dele. Por fim, mas não menos importante, seja feliz! Você merece.

Fuja de um pacto com o sofrimento
Se você decidir acabar com a relação, reaja ao sofrimento. É natural passar por uma fase de dor e solidão, mas não fique se martirizando por isso.

Cerque-se das pessoas queridas
Não dispense a companhia dos amigos e da família. E não tenha vergonha de pedir a ajuda deles se o fardo estiver muito pesado para carregar sozinha.

Não arraste o passado para o futuro
Mude os móveis de lugar, pinte uma parede de outra cor e tire as fotos dele da sua frente. Livre-se das lembranças do passado para ter um futuro melhor.

Tire o ex da sua vida
Se não tiver filhos, corte o contato com o ex: apague os e-mails dele e troque o número do seu celular.

Cuide de si mesma
Faça ginástica, terapia e o que mais puder para se tornar uma mulher mais independente. Isso evitará aqueles terríveis quilos a mais pós-separação…

Saia da toca
Procure novos lugares para se divertir. Valem restaurantes, bares, cinemas… Nada de remoer o passado em casa!

Respeite seu tempo
Espere o momento certo para se envolver em uma nova relação amorosa. Seu coração vai indicar a hora certa.

Dicas

Nunca entregue sua felicidade numa bandeja
Não seja uma mulher totalmente dependente do seu parceiro!

Pare de fiscalizar celular e e-mail
Isso não evita uma possível traição. A desconfiança gratuita só faz mal a você mesma.
Ninguém é dono de ninguém.

Não perdoe só porque
Tem medo de ficar sozinha Essa é a maior fria em que você pode entrar. Cuidado para não confundir amor com dependência emocional. Valorize-se!

Jamais parta para a agressão física
Se ele revidar, a situação fica séria. Nenhuma história de amor merece terminar na delegacia.

Não coloque seus filhos no meio da confusão
O problema é do casal. Por isso, a relação com os filhos deve ser preservada ao máximo.

Não jogue as crianças contra o pai
Se a decisão de se separar for tomada e os dois estiverem com a cabeça fresca, conversem juntos com os filhos.

Fonte: tutomania

Matérias relacionadas