Estudo conclui que chocolate em pouca quantidade pode diminuir risco de AVC

O doce na alimentação de algumas pessoas pode ser um grande problema à saúde, mas segundo estudo com mais de 33 mulheres suecas, pesquisadores descobriram que um pouco de chocolate pode diminuir o risco de derrame.

Segundo eles, o consumo de cacau influencia na saúde do coração. A líder de uma pesquisa no Karolinska Institutet em Estocolmo, Susanna Larsson, disse que estudos anteriores haviam ligado flavonoides no chocolate com uma queda na pressão arterial – um fator de risco para acidentes vasculares cerebrais.

No entanto, deve-se saber que as descobertas do recente estudo não afirma que é possível devorar chocolate sem problemas, a ingestão exagerada em grande quantidade é ruim e prejudicial à saúde. Apesar de acreditar que o chocolate possa melhorar a saúde, a quantidade influencia muito nesta questão. Nada em excesso faz bem, não é mesmo?!

“Chocolate deve ser consumido com moderação, pois é rico em calorias, gordura e açúcar”, disse ela. “Chocolate meio-amargo contém mais cacau e menos açúcar do que chocolate ao leite. Por isso, o consumo de chocolate meio-amargo seria mais benéfico”, completou.

Entre aquelas que consumiam mais chocolate por semana – mais de 45 g-, havia 2,5 sangramentos por 1.000 mulheres por ano. Esse número foi de 7,8 por 1.000, entre as mulheres que comiam menos (menos de 8,9 gramas por semana).

O AVC (Acidente Vascular Cerebral) ocorre quando o suprimento de sangue a uma parte do cérebro é interrompido. Pessoas com idade acima de 65 anos correm maior risco de derrame. Para pessoas com alto risco de AVC, os médicos recomendam medicamentos para baixar a pressão arterial, parar de fumar, se exercitar mais e uma dieta saudável – mas até agora o chocolate não está na lista.

Saiba mais sobre AVC:

• O que é AVC, Fatores de risco e as Possibilidades de Tratamento

• Caminhar ajuda a diminuir risco de AVC

 

Fonte: as informações são do site do jornal Daily Mail.

One Comment

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *