A sociedade impõe, implícita ou explicitamente, que para ser feliz é preciso ter alguém. Mas será se precisamos necessariamente termos alguém ao nosso lado para também encontrar formas